Odontologia e Necessidade – step 1

Um cliente potencial que está totalmente satisfeito com sua atual situação, não sente vontade de mudar. Então, qual é o primeiro sinal – em qualquer pessoa – de que existe uma necessidade? Simples, a sua satisfação existente sofre uma pequena alteração, pela menor que seja. Se o índice de satisfação baixa para 99, 9%, ali já temos uma brecha para o nascimento de uma necessidade.

Por exemplo, comprei um smartphone alguns meses atrás e no início estava 100% satisfeito, ele me atendia em tudo. Eu não tinha necessidade de ter um novo smartphone e se alguém tentasse me vender um smartphone, teria sua visita desperdiçada. Conforme fui utilizando o celular, percebendo seus pontos a melhorar e pontos fracos em relação a outros smartphones, certas funções que ainda são um pouco complicadas ou não são bem desenvolvidas e etc. Minha insatisfação não é total, o smartphone ainda me agrada, mas a necessidade começa a existir ali.

Voltando para o lado da odontologia, essa introdução seria até desnecessárias. Não que você não precisará saber desse conteúdo, ele será super útil para a captação de novos pacientes que ainda não sabem que precisam dos seus procedimentos. Mas, se o seu paciente te procurou para pesquisar algum procedimento, ele já te informou de cara que existe com ele alguma necessidade.

Sabendo da existência da necessidade, o que aconteceria em seguida? Aos poucos aquele paciente terá cada vez mais claro que existem algumas limitantes, ou por que não dizer problemas (que serão apresentadas a ele por uma boa estratégia de marketing on e off) e terá cada vez mais uma sensação de insatisfação.

Iremos começar aqui no blog uma série de postagens sobre esse conteúdo e esperamos que você fique ligado pra entender tudo!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *